Icone Menu

Ikea vai lançar o aluguer de mobiliário

05-02-2019

Um novo modelo de negócio que traduz um esforço da empresa em integrar a economia circular

O primeiro teste a este novo modelo de negócio da Ikea será feito na Suíça, onde os clientes poderão alugar mobiliário de escritório e armários de cozinha, em vez de comprá-los.

O mobiliário de escritório está na linha da frente desta experiência, com a Ikea a piscar o olho a clientes empresariais.

Mas a empresa também equaciona a possibilidade de integrar cozinhas neste modelo. "Pode-se dizer que o aluguer é uma outra forma de financiar uma cozinha.

 

Quando este modelo circular estiver em marcha, teremos um interesse que vai além da venda de um produto e que também incide em saber o que acontece a esse produto e como é que o consumidor trata dele", diz Torbjorn Loof. O CEO da Inter Ikea enquadra esta iniciativa no esforço da empresa em integrar o negócio na economia circular, segundo um modelo em que além de vender artigos também passa a reaproveitá-los para novos usos e novos artigos.

 

Em Portugal, a lógica da economia circular entrou no negócio da Ikea através do projecto "Segunda Vida", lançado por cá em 2017.

Uma iniciativa que ajuda clientes a "darem uma nova vida aos produtos de mobiliário e decoração de que já não precisam”.

 

Na mesma lógica, as lojas contam com as secções de oportunidades, onde vende "produtos recuperados que foram danificados no transporte, devolvidos pelo cliente porque mudou de opinião ou que tinham sido utilizados nas lojas para ambientes de inspiração".

 

Fonte: Público

voltar ao topo

Ao subscrever a nossa newsletter, está a concordar com a Política de Privacidade.

zuka