Icone Menu

Plásticos do mar tornam-se tecidos made in Portugal

24-09-2018

A indústria têxtil é a segunda maior poluidora do mundo, mas está apostada em reduzir a sua pegada ecológica através da economia circular e da sustentabilidade da produção.

 

Tecidos produzidos a partir de novos materiais biodegradáveis como a cortiça ou o caule das rosas, ou a partir da reciclagem de resíduos das próprias fábricas ou de plásticos recolhidos no mar são algumas das inovações made in Portugal neste domínio.

 

Seis delas estiveram em exposição na Première Vision Paris como mostra da “capacidade inovadora” da indústria. Portugal foi o país foco da feira, a convite da organização, para dar a conhecer-se como “parceiro fiável de negócios na subcontratação”.

 

Fonte: Dinheiro Vivo

voltar ao topo

Ao subscrever a nossa newsletter, está a concordar com a Política de Privacidade.

Copyright Semural 2018. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade.

zuka